segunda-feira, 31 de julho de 2017

Xi Jinping, presidente da China, diz que país se manterá fiel ao socialismo

Miguel do Rosário

Discurso de Xi demarca a estrada da China para o futuro
O presidente Xi Jinping da China, também secretário-geral do Comitê Central do Partido Comunista da China, PCC, e presidente da Comissão Militar Central, fala na sessão de abertura de um workshop em Pequim. Essa reunião de trabalho, para funcionários provinciais e ministros foi realizada na 4ª e 5ª feira, e é preparatória para o 19º Congresso Nacional do PCC. (Xinhua/Ma Zhancheng)

PEQUIM, 28/7/2017, Xinhua – O discurso do presidente Xi Jinping da China, em reunião de trabalho de alto nível disparou sinal forte de que o país se manterá fiel ao projeto e desenvolverá o socialismo com características chinesas.

Modesto demais


À moda chilena

Na Venezuela, o novo modelo de golpe midiático-judicial não pôde ser aplicado porque, antes de morrer, Hugo Chávez tomou duas providências cruciais: aparelhou o poder judiciário e politizou os pobres.

Goste-se ou não dessas medidas, elas estão na base da resistência do governo Maduro às investidas das mesmas forças reacionárias que derrubaram os presidentes de Honduras, Paraguai e Brasil - e se mantêm em armas contra todo governo que ouse ser popular, na América Latina.

Temer e a avalanche

A explosão virá
Jose Roberto de Toledo

Se cada ponto percentual fosse um metro, o Palácio do Planalto estaria rodeado não por um espelho d’água com 60 centímetros de profundidade, mas por um fosso de 86 metros de desconfiança. O Congresso se ocultaria atrás de 82 metros de descrença, e a Esplanada dos Ministérios estaria separada do Brasil por 74 metros de descrédito. Essa é a atual fundura da falta de representatividade da democracia brasileira. Mas quem cavou a crise não se ocupa disso. De fato, aprecia o isolamento.


Por que reformar a política; por Michel Zaidan


Como a reforma trabalhista pode afetar os sindicatos e seus 150 mil funcionários

Camilla Veras Mota

Departamento jurídico do Sintracon-SP. Com reforma trabalhista, homologação nos sindicatos deixa de ser obrigatória

"Ai, moça, em novembro ninguém sabe. Talvez a gente nem esteja mais aqui", diz a recepcionista do departamento de homologação do Sindicato da Construção Civil de São Paulo (Sintracon-SP), quando questionada sobre sua expectativa em relação à nova legislação trabalhista, que entra em vigor no fim deste ano.

Em dois meses, caso o texto aprovado em 11 de julho no Senado não seja alterado por Medida Provisória, a contribuição sindical obrigatória deixa de existir - e, com ela, a principal fonte de financiamento para muitas das entidades que representam tanto empresas quanto trabalhadores.

Sobre a Revolução Russa de Outubro de 1917

o capitalismo para sempre será algo do passado
Alain Badiou

Eu gostaria de enfatizar um ponto que parece ter sido esquecido hoje em dia, depois do aparente triunfo do capitalismo em escala global: A Revolução Russa de 1917 foi evento sem precedentes na história da espécie humana.

Neste caso, vale a pena lembrarmos que a história da humanidade é relativamente curta, levando tudo em consideração. Ela soma por volta de 200,000 anos, o que não é muito se compararmos com os milhões de anos em que os dinossauros dominavam o planeta. Podemos sustentar que, nesta breve sequência, tivemos basicamente apenas uma fundamental “Revolução”: a revolução Neolítica. Essa revolução traduziu-se em ferramentas mais efetivas, estabelecimento da agricultura, uma noção estabelecida de propriedade de terras, objetos de cerâmica, a possibilidade de excesso de alimento que permitiu a existência um classe dominante ociosa, resultando na criação de um estado, da escrita, do dinheiro, de taxas, do aperfeiçoamento (graças ao bronze) de equipamentos militares, comércio a longa distância… Tudo isto, datando apenas alguns milênios atrás e ainda estamos no mesmo lugar. 

domingo, 30 de julho de 2017

Tá ruim, mas é melhor assim


Justiça não é cega


Esquerda lidera isolada ranking dos parlamentares mais influentes

Resistência contra o golpe é forte e vem crescendo
Uma pesquisa de influência dos parlamentares brasileiros nas redes sociais, realizada pela FSB Comunicação, uma das maiores agências de pesquisa em redes sociais da América Latina, mostra o Partido dos Trabalhadores num isolado primeiro lugar; dos 100 deputados mais influentes na Câmara, segundo a pesquisa, 42 são do PT; dos 20 primeiros no Senado, 7 são do PT; todos os parlamentares contra o golpe, de partidos de esquerda, aparecem em lugar de destaque na pesquisa

sábado, 29 de julho de 2017

Tudo pelo bem do povo: fim auxílio doença


Funcionários só querem moleza


Uma época maravilhosa


Governo gasta demais em política social


Modernidade cruel: gente na rua, carros em prédios






Delegada da PF recoloca os pingos nos "is" nas conversas de Machado


Independentemente da simpatia (ou da antipatia) de cada um por Renan Calheiros, Romero Jucá e José Sarney, que, como qualquer homem público, contam com apoiadores e com adversários em Brasília e em seus respectivos estados, não há outra coisa a fazer, para quem defende a democracia no Brasil, a não ser comemorar a decisão - corretíssima - da delegada da Polícia Federal Graziela da Costa e Silva, de descaracterizar a acusação de tentativa de "obstrução de justiça" que pesava contra eles, no contexto de gravações telefônicas premeditadamente feitas por Sérgio Machado, com a intenção de fazer jus a "delação premiada".

CUT repudia Reforma Trabalhista e vai lutar para derrubá-la

CUT não negocia com golpistas e vai lutar com as Frentes Brasil Popular e Povo sem Medo.

Reunida em São Paulo, na última terça-feira (25) a Executiva Nacional da CUT tomou uma série de decisões relativas ao enfrentamento da Reforma Trabalhista recentemente aprovada pelo governo golpista e sua maioria parlamentar. Na pauta, a luta pela anulação da Reforma Trabalhista e a adoção de uma estratégia de resistência e enfrentamento para combater o golpe e seus principais dirigentes. Veja a seguir a íntegra da nota da CUT.

O programa secreto do capitalismo totalitário

Como Charles Koch e outros bilionários financiaram, nas sombras, um projeto político que implica devastar o serviço público e o bem comum, para estabelecer a “liberdade total” do 1% mais rico.

É o capítulo que faltava, uma chave para entender a política dos últimos cinquenta anos. Ler o novo livro de Nancy MacLean, Democracy in Chains: the deep history of the radical right’s stealth plan for America [“Democracia Aprisionada: a história profunda do plano oculto da direita para a América] é enxergar o que antes permanecia invisível.

Para juiz, uso de revista vexatória torna nula apreensão de celular com visitante de presídio

A revista vexatória realizada em presídios é inconstitucional e ainda que os agentes tenham encontrado celular na posse de uma mulher que ingressava no presídio para visitar um preso, o uso dessa medida torna nula a prova, levando-a à absolvição. Com esse entendimento, o magistrado Icaro Almeida Matos, da 1ª Vara Criminal Especializada de Salvador (BA), absolveu nesta quinta-feira (27) uma mulher acusada de tentar ingressar em um estabelecimento prisional com um aparelho telefônico inserido na vagina.

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Só uma palavra me devora, aquela que o meu coração não diz


A importância do nome das coisas ( Sobre Terceirização)

Adriana Baggio

Ao dar nome às coisas, o ser humano se apropria delas. Elas passam a fazer parte da cultura, do cotidiano, das posses das pessoas. Hoje em dia, isso é bem mais difícil. Quando nascemos, a maioria das coisas com as quais teremos contato em nossa vida já tem um nome definido.

“Infeliz é a terra que precisa de heróis”

Um herói do nosso tempo

Liu Xiaobo, aquele homem de aparência frágil e de sorriso irônico e triste, fiel a suas convicções, continuava o mesmo

Daniel Aarão Reis

Em 10 de dezembro de 2008, foi lançada na China a Carta 08, onde se afirmava que os cidadãos chineses, cada vez mais, reconheciam a liberdade, a igualdade e os direitos humanos como valores universais.

E que a democracia, a República e uma constituição constituíam um arcabouço básico para um sistema político moderno. Ao questionar o processo de modernização na China, que ignora e desrespeita estes princípios, denunciavam-no como algo “desastroso”, pois “priva os homens de seus direitos e destrói a sua dignidade”. Indagavam-se os que subscreviam o texto para onde estaria caminhando a China no século XXI. Continuaria prevalecendo a modernização autoritária? Ou haveria o reconhecimento dos valores democráticos?

Olha a caipora !



caipora
substantivo de dois gêneros
ETNB

Ilha da fantasia: os privilégios de magistrados e de membros do MP


No país em que mais de 40 milhões de trabalhadores vivem com até um salário mínimo, dois em cada três aposentados não ganham mais que R$ 937 mensais e que servidores recebem salários parcelados ou atrasados em razão da calamidade financeira nos cofres estaduais – caso de Minas Gerais e do Rio de Janeiro –, um seleto grupo de funcionários públicos vive numa espécie de ilha da fantasia.

Além de contracheques que beiram o teto nacional de R$ 33,7 mil mensais, eles engordam o bolso com verbas extras para morar, cuidar da saúde, comprar livros e estudar. Como se não bastasse, ainda economizam o gasto com combustível ao ter à disposição carro com motorista para ir ao trabalho e a solenidades. Em alguns casos, o privilégio se estende às férias, que podem chegar a 60 dias a cada ano – com o abono de um terço do salário para cada período.

"Uber da educação", o professor como produto descartável

Ivan Valente

A educação costuma sofrer muito quando está sob as asas de tucanos. Sucateamento do ensino, fechamento de escolas, salários baixos, condições precárias e violência policial contra professores são características constantes de governos do PSDB.

Em Ribeirão Preto, uma novidade da prefeitura é propor a "uberização" do ensino. Ou seja, professores sem vínculo empregatício seriam chamados por um aplicativo e correriam para dar aula às pressas. 

terça-feira, 25 de julho de 2017

Os ninguéns

Eduardo Galeano

As pulgas sonham com comprar um cão, e os ninguéns com deixar a pobreza, que em algum dia mágico a sorte chova de repente, que chova a boa sorte a cântaros; mas a boa sorte não chove ontem, nem hoje, nem amanhã, nem nunca, nem uma chuvinha cai do céu da boa sorte, por mais que os ninguéns a chamem e mesmo que a mão esquerda coce, ou se levantem com o pé direito, ou comecem o ano mudando de vassoura.

Hospício Continental, Juiz Desequilibrado


O Juiz que sequestra liberdade

Wanderley Guilherme dos Santos 
Segunda Opinião

O Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF-4) modificou 34 das 48 apelações de sentenças do juiz Sergio Moro em processos da Lava Jato, assim distribuídas: 18 penas foram aumentadas, 10 reduzidas e, 6, anuladas. A taxa de acerto impecável limitou-se a 30% das sentenças. Os estatísticos da magistratura avaliarão a normalidade ou a excepcionalidade das correções impostas a um juiz primário. Surpreende que o número de sentenças modificadas por maior severidade (18) seja praticamente igual ao de sentenças retificadas em favor dos réus (16). Em estatística geral, decisões que ora caem 50% de um lado e ora 50% do outro indicam a predominância do acaso. Estatisticamente, as chances de um acusado ser favorecido ou injustiçado seriam as mesmas, mas este não é o caso de nenhum dos 50% das sentenças do juiz Sergio Moro, seja condenando, seja passando a mão na cabeça do réu.

Livre Negociação


Luiz Couto defende Terceirização da Educação de Ricardo

 Deputado petista sai em defesa de RC e defende gestão pactuada na Educação

Por Diana Melo

O deputado federal Luiz Couto (PT) em sua avaliação, afirmou que a educação no Estado não será terceirizada com a contratação de Organizações Sociais (OS), para auxiliar nas atividades administrativas das escolas estaduais.

sábado, 22 de julho de 2017

Lula : não é o homem, mas o que ele fez e vai fazer .....


Lula: lá vem ele


É o fim do mundo



Melhor prevenir que remediar


Meirelles: dormindo não !!


Terceirizado


quarta-feira, 19 de julho de 2017

Lula, Pobre Star


Pobre Star! O patrimônio de uma vida inteira de um ex-presidente da República do Brasil não dá para fazer nem um filme B.O, de baixo orçamento, que custa cerca de 1,2 milhão!!! "R$ 606.727,12 foram encontrados em quatro contas do ex-presidente Lula". Como funciona "corrupção passiva e lavagem de dinheiro" sem vantagem patrimonial? Onde está a vantagem econômica recebida? Lula é o que chamamos de "Pobre Star", aqueles brasileiros incríveis que são milionários na economia narrativa e no capital simbólico, com visibilidade máxima e nada ou pouco no banco! A economia e a riqueza que movem é outra, a mais incomensurável de todas: o desejo! #Lula


Ivana Bentes Facebook


Os bens do Lula e o orçamento nacional



Administrou um orçamento anual de aproximadamente 3 Trilhões de reais por ano durante 8 anos



Diretas Já; Ato Político em João Pessoa dia 21/07


Pena como castigo, uma tradição brasileira


Condução coercitiva


Reflexões sobre a Revolução Russa no ano de seu centenário (3)

A relação entre democracia e socialismo

Por Michel Zaidan Filho, Professor Titular do Centro de Filosofia e Ciências Humanas/UFPE.

Já a questão da relação entre democracia e socialismo divide os marxistas há muito tempo. Marx, que não morria de amores pela “democracia burguesa”, pareceu não dar muita importância a essa questão. Apesar da tese dos marxistas contemporâneos, apoiados em Gramsci, apontarem para um processo de ampliação do Estado nas sociedades ocidentais, em razão da constituição de uma sociedade civil robusta e complexa, acho difícil encontrar no pensamento de Marx abrigo para uma estratégia democrática radical para o advento do socialismo. 

PT vê retrocesso na terceirização da educação

A executiva estadual do PT se reuniu ontem (17) para discutir a implantação de Organizações Sociais nas escolas do Estado, iniciada pelo governador Ricardo Coutinho (PSB).

Em nota divulgada nesta terça-feira, a legenda defendeu que o processo seja suspenso e acusou o Governo de implementar retrocesso na educação estadual.

Sou preto, mas não sou ladrão, doutor

O abismo que nos separa...

O caminho que conduz à verdadeira democracia é longo e sinuoso

Milton Hatoum, O Estado de S.Paulo

“Trabalhar nós trabalhamos/Porém pra comprar as pérolas/Do pescocinho da moça/Do deputado Fulano”. (Mário de Andrade, ‘Acalanto do Seringueiro’, em ‘Clã do Jabuti’, 1927)

Numa tarde de 2001, quando ainda morava perto do centro da cidade, um homem de uns 50 anos veio ao meu encontro: “Sou preto, mas não sou ladrão, doutor. Só quero o dinheiro do ônibus”.

Ele havia procurado emprego num supermercado, e queria voltar à sua casa.

segunda-feira, 17 de julho de 2017

O SINTEP-PB é totalmente contra a privatização da Educação do Estado da Paraíba!


Governo da Paraíba viabiliza privatização da educação do estado

O Governo do Estado da Paraíba lançou um edital, por meio da Secretaria de Educação, para realização de processo seletivo objetivando a terceirização dos serviços nas escolas da rede estadual de ensino. A intenção é transferir a administração e gestão da Educação do Estado para uma Organização Social selecionada através do Edital Nº 001/2017/SEAD/SEE, publicado no Diário Oficial do Estado do último sábado, 01.07.2017.


Terceirização na educação: é bom para a Paraíba ?

CBN: Problemas com edital indicam direcionamento na terceirização da Educação na Paraíba


A terceirização das escolas públicas pelo Governo do Estado da Paraíba foi tema de reflexão da integrante do Instituto Soma Brasil, Karine Oliveira, na coluna “Cidadania”, que foi ao ar na sexta-feira (14), no programa CBN João Pessoa.

"Hoje, sou eu; vocês, amanhã”

Jaldes Meneses

Duas explicações da vitória de Temer na CCJ: 1) Pra variar, Temer abriu, despudoradamente, a caixa de ferramentas - liberação de 50% mais, em volume e valor, de emendas parlamentares em relação ao primeiro semestre do ano passado. Não falta espertise no assunto ao nosso presidente; 2) Muito mais importante. Temer, fazendo jus à origem pemedebista , está sabendo capitalizar o "esprit de corps" dos deputados, sintetizado na senha/apelo "eu posso ser você amanhã”. Eduardo Cunha, fazendo as vezes de um Danton do baixo clero, já havia antecipado a senha ano passado, ao se defender no plenário da câmara, lembram-se?: "Hoje, sou eu; vocês, amanhã”. Temer virou muro de proteção. Hoje é Temer, amanhã pode ser… Agnaldo Ribeiro.

O momento da virada

A condenação de Lula sem provas, por um crime que não cometeu - não recebeu, não usufruiu, nunca teve o tal triplex em seu nome - com a argumentação, como nos filmes de ficção científica, vide "A Nova Lei - Minority Report", de que tinha a intenção de eventualmente praticá-lo - a quase dez anos de prisão e a mais de sete de ostracismo político, precisa servir de alerta final, talvez o mais significativo até agora, antes que se proceda à inexorável entrega do país ao fascismo nas eleições do ano que vem.

O otimismo derrotista das esquerdas

Aldo Fornazieri

Na semana passada, os trabalhadores brasileiros, os setores progressistas da sociedade e as esquerdas sofreram duas derrotas históricas. A primeira foi a aprovação das Reforma Trabalhista e a segunda, a condenação de Lula, que abre caminho para tirá-lo em definitivo da disputa presidencial de 2018. Do ponto de vista da reação popular, social e sindical, as ações foram pouco mais que nada. Apenas algumas centenas de manifestantes protestaram aqui e ali.

domingo, 16 de julho de 2017

Quero saber é dos pedalinhos


A Impotência da razão jurídica e o fim da política

Michel Zaidan Filho*

A crise institucional brasileira é parecida como a “Caixa de Pandora”, uma vez aberta começa uma sucessão de escândalos, manobras, indecências que fariam corar o mais sórdido dos integrantes da quadrilha de Ali Babá.



Naturalmente, quando se dá golpe – mesmo com as aparências de legalidade – como ocorreu com a Presidente Dilma Rousseff, com motivações políticas e econômicas hoje sobejamente conhecidas, não se espera respeito à lei, à moralidade pública ou à Constituição.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...