sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Huitzilopochtli, o deus eramos nós



“Há os que veem e os que preferem não enxergar”

“Há os que veem e os que preferem não enxergar”, afirma jurista sobre abusos da Lava Jato

O Juiz Sérgio Moro revogou a prisão temporária que havia determinado do ex-ministro da Economia Guido Mantega, o qual foi levado nesta manhã no hospital, enquanto acompanhava uma cirurgia de sua esposa, para tratamento de câncer. As informações são do portal G1.

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Pesadelo de burguês


Prenda logo este peão, seu Moro


Senadora desafia Moro a entregar chaves do triplex a Lula

"Prenda logo este peão, seu Moro, produza logo o seu espetáculo, talvez já com exclusividade vendida para a Rede Globo, mas por favor, tenha a dignidade de entregar a ele a escritura e a chave do apartamento. Assim todo mundo vai ter a convicção de que o apê é dele", publicou a senadora Regina Sousa (PT-PI) no Facebook

Mais fortes são os poderes do povo.

Lula no Crato (CE)
Fernando Brito

Leio cronistas políticos dizendo que Lula enfrenta, agora, uma batalha jurídica diante do julgamento por Sérgio Moro.

Humildemente, discordo. É claro que a luta jurídica terá de ser travada, e sem descansos ou temores.

Mas alguém, em sã consciência, acha que adianta provar que Lula não é e nunca foi dono do apartamento do Guarujá ou que não auferiu vantagem alguma na guarda de dez caixotes com cartas, presentes oficiais e o acervo que é obrigado a manter?

É tão obvio quanto achar que o lobo jamais iria se convencer com os argumentos do cordeiro, bebendo rio abaixo.

Escola Sem Partido e sem Filosofia


241 e 257: As PECs do Mal


Todos são iguais perante a lei?


Como explicar a seletividade da justiça em investigações contra partidos de esquerda e a isenção de partidos e personalidades de direita?

Fabio Rodrigues Pozzebom

No Estado Democrático de Direito, o artigo 5° da Constituição Brasileira garante:
“Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade”.

PEC 241 é gatilho para reforma da previdência


 Antônio Augusto de Queiroz *


A PEC 241, que congela o gasto público, em termos reais, por 20 anos, não se sustentará sem uma ampla e profunda reforma da previdência. É por isso, aliás, que o novo regime fiscal vem antes das mudanças previdenciárias, na perspectiva de que o fim justifica os meios. Se o Congresso aprovar esse limite de gastos, terá que dar os meios, e a reforma da previdência será essencial para esse fim.

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

“Amar o próximo como a si mesmo” ou, erradique as disparidades sociais e impeça toda exclusão.


Relação fé e política

Frei Betto

Para que servem as Igrejas? Para alguns, meio de extorquir os fiéis e ainda usufruir do privilégio de não pagar impostos. Para outros, modo de dispor de poder revestido de suposta auréola de santidade que tem, como fiador, o próprio Deus.

E há quem acredite que da cabeça de Jesus surgiu a Igreja tal qual a conhecemos hoje.

Centrais sindicais convocam trabalhadores para mobilização nacional em defesa dos direitos sociais e trabalhistas dia 22/9

Confirmando a unidade em torno da defesa e da ampliação dos direitos sociais e trabalhistas, as centrais sindicais (CUT, Força Sindical, UGT, CTB, CSB, NCST, CSP-Conlutas, Intersindical) convocaram para o próximo dia 22 de setembro uma grande mobilização nacional.

Avisos aos Paroquianos :

Cesar Benjamin

"Avisos fixados nos murais de algumas igrejas. Todos eles são reais, escritos com boa vontade e má redação."

"O coro dos maiores de sessenta anos vai ser suspenso durante o verão, com o agradecimento de toda a paróquia."

"O mês de novembro finalizará com uma missa cantada por todos os defuntos da paróquia."


Facebook


Atribuição da filosofia em momentos como este é acelerar o desabamento

Vladimir  Safatle

Nestes tempos de horizontes mundiais incertos e realidades políticas brutalizadas, é comum em palestras que profiro alguém perguntar sobre como a filosofia poderia nos auxiliar para nos sentirmos melhores. Esta é uma pergunta que parece aceitar de bom grado que o discurso filosófico teria alguma forma de função terapêutica a ser ouvida, principalmente em momentos de crise.


Vai ter luta. (Ou a ilusão de quem acha que pode tudo).

André Singer

Nem bem terminava, na segunda (12), a novela Cunha, o núcleo curitibano da Lava Jato meteu o pé pelas mãos e abriu o capítulo mais grave desta crise. Depois da condução coercitiva e da divulgação de fitas ilegais, a exposição do procurador Deltan Dallagnol na tarde de quarta (14) foi tão vazia que caiu mal até nas hostes antipetistas. Em lugar da seriedade técnica que sobressaía nas primeiras aparições, o jovem funcionário deixou-se levar por arroubos que tiraram a credibilidade da denúncia contra Lula.

João Pessoa, Mobilização Nacional, 22/09/2016


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...