segunda-feira, 22 de abril de 2019

Golpe na Previdência afetará municípios


Por Ronnie Aldrin Silva, no site da Fundação Perseu Abramo:

Em quase metade dos municípios do Ceará (44%) e da Bahia (43,8%) os benefícios que a população recebe da Previdência são superiores à receita total dos municípios. Em consequência, caso a Reforma da Previdência atual seja aprovada, é praticamente inevitável um forte abalo na economia destes dois estados.

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Sniper, autorizado a matar qualquer um


Lula: Faz um ano que estou preso injustamente


Luiz Inácio Lula da Silva

Faz um ano que estou preso injustamente, acusado e condenado por um crime que nunca existiu. Cada dia que passei aqui fez aumentar minha indignação, mas mantenho a fé num julgamento justo em que a verdade vai prevalecer. Posso dormir com a consciência tranquila de minha inocência. Duvido que tenham sono leve os que me condenaram numa farsa judicial.

O que mais me angustia, no entanto, é o que se passa com o Brasil e o sofrimento do nosso povo. Para me impor um juízo de exceção, romperam os limites da lei e da Constituição, fragilizando a democracia. Os direitos do povo e da cidadania vêm sendo revogados, enquanto impõem o arrocho dos salários, a precarização do emprego e a alta do custo de vida. Entregam a soberania nacional, nossas riquezas, nossas empresas e até o nosso território para satisfazer interesses estrangeiros.

terça-feira, 26 de março de 2019

Livre Negociação, trabalhador no prejuízo


O livro sobre nada


É mais fácil fazer da tolice um regalo do que da sensatez.

Tudo que não invento é falso.

Há muitas maneiras sérias de não dizer nada, mas só a poesia é verdadeira.

Como a China subverte a ortodoxia econômica

Governo gasta, sistematicamente, mais do que arrecada. Para as teorias convencionais, país estaria quebrado. Mas tornou-se uma superpotência global. Haverá algo errado com as velhas fórmulas de “austeridade”?

MERCADO X DEMOCRACIA

por David Deccache

“Espere até que a tua alma te alcance”

“Espere até que a tua alma te alcance” – uma lição de vida contada em terras africanas

Revista Pazes - outubro 16, 2017

“Há muito tempo, um expedicionário aventurou-se para os territórios mais inóspitos da África, acompanhado de apenas seus carregadores e guias. Todos eles tinham um facão para romper a espessa vegetação, com um objetivo em mente: avançar rapidamente a qualquer custo .


domingo, 10 de fevereiro de 2019

OAB Nota do Presidente Nacional

 Felipe Santa Cruz 
Amigos,

Nas últimas 24 horas tenho sido alvo de furiosos ataques nas redes. Robôs pagos por movimentos extremistas e pessoas levadas por falsas manchetes simplesmente ocupam a rede com violentas mensagens, algumas verdadeiramente preocupantes, como aquele que diz que “as redes sociais querem o meu FIM”. O crime que justificaria minha eliminação?

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Quatro estações em Havana

Robson de Freitas Pereira

Dirigida pelo espanhol Felix Vizcarret e baseada nos livros de Leonardo Padura que também escreveu o roteiro a quatro mãos com Lucia López Coll (sua esposa), a série está disponível desde o final do ano passado. Talvez por ter sido lançada perto do Natal, não tenha recebido a devida atenção ou circulação. Afinal, um filme rodado em Cuba… Cuja capital, Havana é personagem. Sua arquitetura, geografia, movimentação urbana, cores intensas, chuva e fumaças formam com os enredos e os personagens principais um painel primoroso político e social de um país situado no ano de 1989. Sem maniqueísmos, mas com a riqueza de um afresco que não teme a diversidade e a complexidade da vida seja ela em Havana, Berlim ou Porto Alegre.

A culpa é da esquerda


A culpa é um afeto pouco transformativo. Assim como criticar tornou-se o mesmo que desqualificar e agredir, autocrítica tornou-se sinônimo de admissão de culpa.

Por Christian Ingo Lenz Dunker.

Agora que o castelo de areia criado pelo ódio e pela desinformação começa a ser varrido pelas ondas de corrupção e lama que vêm caracterizando as primeiras semanas do governo Bolsonaro, talvez tenha chegado a hora da autocrítica da esquerda. Qual parte lhe cabe nesse latifúndio de miséria, ignorância e regressão? Imagino que vários outros (bem mais qualificados em ciência política e no entendimento de processos institucionais, que efetivamente comandam o chão de fábrica da política) tenham muito mais e melhor a dizer do que eu. Mas aqui vai minha contribuição lateral para esse começo de conversa que teve bons e maus motivos para ser adiada.


sábado, 19 de janeiro de 2019

Zaidan: A reforma da Previdência

Michel Zaidan Filho

Os direitos previdenciários de todo trabalhador resultam de um contrato atuarial firmado entre ele e o Instituto de Previdência oficial (INSS). Neste contrato, multiplica-se a expectativa de vida útil do trabalhador por uma fração econômica que é dividida entre ele, a empresa e o governo. É o chamado modelo de repartição simples. Cada parte contribui com uma parcela do financiamento da aposentadoria. As fontes da Previdência oficial não se limitam, contudo, a esse tipo de financiamento. Desde 1988, os direitos previdenciários estão colocados dentro de um tripé conhecido como Assistência Social, onde estão também a Saúde e os benefícios de prestação continuada.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Privatização da Previdência: o sonho dos banqueiros


Previdência: que significa a tese central do governo

Trocar o sistema de repartição pelo de capitalização devastaria direitos e causaria enorme perda ao Tesouro. Mas abriria para os banqueiros mercado de trilhões ao ano

Por Paulo Klias

A quem serve fechar a Justiça do Trabalho?


Augusto Vasconcelos

O discurso de Bolsonaro sobre a Justiça do Trabalho revela profunda desinformação. Aliás, como em quase todo o pensamento hegemônico nesse governo, se apegam a mitos para justificar seus interesses, apelando para a ignorância dos acontecimentos.

Não é verdade que o Brasil é o único país que possui uma jurisdição Trabalhista. Inglaterra, Nova Zelândia, Suécia, Noruega, Finlândia, Alemanha, França, Bélgica e México, por exemplo, possuem variados níveis de organização de juízos de primeiro grau ou Tribunais especializados na matéria.

domingo, 6 de janeiro de 2019

“Nova Democracia”: o artigo que revelou as bases de um projeto que não é de nação, mas de poder


O artigo abaixo, de autoria de Marcelo Falak, foi publicado no site Letra P, em 5 de outubro do ano passado. Sua leitura permite entender o discurso e os primeiros passos do governo Bolsonaro.

Nova Democracia, como os militares chamam o plano que levou Bolsonaro ao poder, é a revanche da Nova República, que mandou de volta os militares para os quartéis, em 1985.

Nós, o lixo marxista

Vladimir Safatle

É preciso calar quem não se contenta com a vida imposta pelo novo governo

Tomou posse o primeiro governo eleito de extrema direita do Brasil. Com ele, não há negociação alguma possível. Nem ele procura alguma forma de negociação com aqueles que não comungam com seus credos, que não louvam seus torturadores e que não acham que "é duro ser patrão no Brasil".


Cavalgaduras à caça de Marx


Um tropel ignaro acossa o filósofo, que volta à vida ao analisar 'Fausto'


A majestade do "Fausto", de Goethe, obstrui a fruição do esplêndido poema dramático alemão. Acrescente-se à fama fáustica um século e tanto de teses emboloradas, de empoladas notas de pé de página. Elas mais envelhecem que dão viço ao doutor que vendeu a alma a Mefistófeles.

Esse argumento foi defendido por Brecht, em 1954, num estudo ao qual deu o título certeiro de "A Intimidação Através do Classicismo".

Algo assim ocorre hoje no Brasil. Aqui, um bando de brutamontes macambúzios só ejacula ao maltratar Marx, do qual não leu uma parca página.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...